alta rotatividade de funcionários
Gestão de Negócios

5 dicas para diminuir a alta rotatividade de funcionários na empresa

O fluxo de entrada e saída de funcionários em uma organização, chamado de rotatividade, é conhecido também por turnover. Quando uma empresa possui um alto índice desses indicativos, com certeza enfrenta diversos problemas e prejuízos.

Ainda que a demanda de empregos seja grande, nem todos os funcionários progridem dentro de uma instituição. Os processos de gestão das empresas precisam estar alinhados para selecionar, capacitar e engajar o novo colaborador, sempre apresentando chances de crescimento a ele.

A alta rotatividade de funcionários pode estar atrelada a diversas causas, como crises econômicas, problemas de gestão, falta de reconhecimento e sobrecarga, entre outros aspectos. É extremamente importante investigar sobre o que pode estar causando esse problema para, assim, propor soluções viáveis de resolução.

Pensando nisso, apresentamos possíveis causas para isso acontecer e reunimos cinco dicas para diminuir a rotatividade no trabalho. Confira!

Causas da alta rotatividade

Diversos motivos podem levar à alta rotatividade de funcionários em uma empresa. A maioria deles estão relacionados a problemas de gestão, como falta de benefícios, ambiente hostil, baixa remuneração, falta de capacitação e treinamento, por exemplo.

Profissionais acomodados e desmotivados são resultados de uma má liderança. Por outro lado, o problema da alta rotatividade de funcionários deve ser visto como uma oportunidade para “oxigenar” a empresa, por meio da gestão que mobiliza o melhor desempenho das equipes.

alta rotatividade de funcionários
Alguns dos sinais de que seu funcionário está desmotivado são a queda da produtividade, faltas frequentes, mau comportamento, pessimismo e reclamações de outros membros da empresa.

Antes de mais nada, é importante entender que o público interno é tão importante quanto o público externo. A empresa precisa reconhecer o valor de seu colaborador e, para isso, deve desenvolver os processos internos estrategicamente.

Lembre-se que, quanto mais qualificado um profissional, mais exigente ele será quanto a sua condição de trabalho. Portanto, monitore e gerencie o índice de turnover para não prejudicar o progresso de sua empresa.

Como calcular o índice de rotatividade?

A métrica do turnover é essencial para medir a variação da força de trabalho de uma organização. Assista ao vídeo do canal Xerpa e aprenda duas formas de calculá-la:

Se o índice da sua empresa estiver alto, é sintoma de alguma falha de gestão. Portanto, esse é o momento certo para planejar e alinhar os processos internos da organização. Veja como fazer!

Dicas para diminuir a rotatividade de funcionários

1. Faça um bom processo seletivo

Pode parecer simples e óbvio, porém a seleção de funcionários deve ser planejada e apurada. Muitos colaboradores saem da empresa logo ao fim do período de experiência, geralmente acordado em três meses.

alta rotatividade de funcionários
Reservar parte da entrevista para questões comportamentais é uma forma eficaz de identificar as características do candidato.

O líder ou gestor deve participar ativamente desde a primeira etapa. Durante a entrevista, além do conhecimento técnico, é necessário compreender os valores e aspirações do candidato. Quanto mais minuciosa for essa seleção, mais assertiva será a contratação.

2. Treine e acompanhe o colaborador

Após a etapa de seleção, os esforços da gestão devem estar focados no treinamento e capacitação do novo funcionário. Além de um ambiente de trabalho saudável, uma boa gestão investe em cursos e treinamentos que ajudam a aprimorar o conhecimento do novo colaborador.

alta rotatividade de funcionários
Além da capacitação profissional, realizar treinamentos de colaboradores fortalece o clima organizacional, aumenta a produtividade e diminui a rotatividade.

A cultura do feedback também é extremamente relevante para reduzir o índice de alta rotatividade de funcionários. Assim, os pontos que precisam ser melhorados podem ser entendidos facilmente pelo colaborador. Esse acompanhamento ajuda a manter os objetivos do novo talento alinhados aos da empresa.

3. Mantenha os funcionários motivados

Esse é um dos maiores desafios de um líder. Motivar os colaboradores ajuda a aumentar a produtividade e diminui o turnover de uma empresa. Porém, ainda assim, alguns gestores acreditam que só é possível fazê-la por meio de bonificações e premiações.

Entender os desafios e vontades de cada colaborador é a maneira mais eficaz de motivá-los. Por isso, reconheça o seu trabalho, fazendo-o entender o porquê sua atividade é essencial para as outras áreas da organização.

Engaje os colaboradores no processo de planejamento para que ele se sinta por dentro do que acontece na empresa. Comunique os bons resultados, proponha desafios e recompense.

4. Ofereça um plano de carreira

O plano de carreira oferece a oportunidade de crescimento mútuo entre empresa e colaborador. O planejamento, feito por meio da avaliação do desempenho do funcionário, deve ser usado para motivá-lo e trazer melhor cumprimento dos objetivos esperados pela instituição.

alta rotatividade de funcionários
Proponha metas tangíveis de curto e médio prazo e considere o tempo para a execução desses objetivos. Metas impossíveis podem gerar frustrações e ilusões para os colaboradores.

Esse planejamento deve ser vantajoso para a empresa e para o colaborador, que o ajudará a entender melhor o que pode ser feito para alcançar suas metas. Em um mercado competitivo, as empresas que oferecem um bom plano de carreira possuem maiores chances de reter seus talentos, já que dificilmente eles estarão em busca de oportunidades em outras organizações.

Além disso, o plano de carreira ajuda a conectar o colaborador com os objetivos a longo prazo da empresa, mantendo-o motivado e engajado para atingir as metas com um trabalho de qualidade.

5. Reconheça sua equipe

Além do plano de carreira, há diversas formas de valorizar os colaboradores de sua empresa. Tanto os recém chegados, que estão conhecendo e se adaptando à cultura da organização, quanto os mais antigos, que já dominam suas funções, precisam ser reconhecidos.

Reuniões motivadoras, premiações mensais, promoções e benefícios são métodos de reconhecimento que fortalecem o senso de pertencimento da equipe. Todas essas ações devem ser vistas como investimentos – desde que previstos no planejamento estratégico – e visando manter o baixo índice de rotatividade de funcionários na organização.

Já identificou como os problemas de rotatividade de sua empresa podem ser solucionados? Veja também por que investir em comunicação e gestão de pessoas beneficiará sua empresa!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *