análise da concorrência
Gestão de Negócios

Qual a importância da análise da concorrência em meu negócio?

Não tem como fugir: sempre haverá uma organização, empresa ou startup que faça algo idêntico ou relacionado com a sua área de atuação. Seja qual for o seu nicho de mercado, lembre-se da importância em fazer uma ampla e eficiente análise da concorrência.

A prática vai oferecer uma visão muito mais abrangente do seu negócio, do seu público-alvo e do mercado, de modo geral. Listamos algumas dicas sobre como desempenhar essa análise. Confira!

Por onde começo?

A análise da concorrência pode ser feita em várias etapas. Antes de partir para a pesquisa, é fundamental conhecer muito bem o seu negócio, afinal, será de acordo com esse planejamento estratégico que você analisará os demais.

Pode soar um pouco óbvio, mas o seu objetivo nessa exploração de mercado não será copiar as práticas dos seus concorrentes e, sim, identificar a atuação de todos eles.

Espaços físicos e virtuais

Atente-se às vendas pela internet. Pesquise por empresas tanto no meio físico quanto no virtual. Grande parte dos estabelecimentos hoje em dia atuam paralelamente nos dois meios.

E mesmo que seu negócio não participe de algum desses ambientes, pesquise e os conheça mesmo assim!

Qual o meu real objetivo?

Como destacamos no início, seu propósito não está em “espelhar” o seu negócio, mas em observar e constatar todos os pontos fracos que aquela determinada empresa possui.

Isso envolve o relacionamento com o cliente; o prazo de entrega; as condições de pagamento; a satisfação dos funcionários; o horário de funcionamento; o grau de insatisfação dos clientes; o ambiente físico ou virtual; se as informações estão claras; entre outros pontos fracos do negócio.

E o que fazer com esses dados em mãos? Busque alternativas para aprimorar todas essas falhas e aplicar em seu negócio!

Desse modo, você terá um diferencial e não corre o risco de perder a clientela por ser “mais do mesmo”. Além disso, seu empreendimento será lembrado por oferecer soluções, enquanto seus clientes apresentam o contrário.

E o que meus concorrentes fazem de bom?

O que fazer com as boas informações que obteve de seu concorrente? Copiar? Nada disso. Embora pareça um pouco contraditório, o que você deverá fazer é: adaptar!

Todas as ações que fazem sucesso em seu “adversário de mercado” merecem a sua atenção. Se achar conveniente, inclua isso no seu planejamento e faça também, mas deixando a sua impressão, identidade e visão de negócio.

Sua análise da concorrência pode ser muito mais proveitosa

No momento em que estiver elencando todos os negócios semelhantes ao seu, busque voltar um pouco no tempo. Explicamos:

Uma empresa que hoje é a maior do segmento pode não ter sido há dois anos. Qual a explicação para isso? Por outro lado, outro estabelecimento que atualmente está em maus bocados, pode ter sido o número um nesse mesmo período.

Procure estudar e descobrir o motivo para o crescimento de algumas empresas e a decadência de outras. Essas informações serão indispensáveis para a saúde financeira de seu negócio.

Com as informações em mãos…

Agora, com todas as informações coletadas, é o momento de fazer o planejamento estratégico e traçar todas as suas metas para o seu projeto. Se precisar de algumas dicas de gestão, leia também a importância de um software de gestão em sua empresa.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *