Pessoa aprendendo como vender no Pinterest ao acessar a rede no celular.
Vendendo online

Como vender no Pinterest: oportunidade para lojas de calçados

Para além do Facebook e do Instagram, o mundo digital é repleto de redes sociais que podem ser utilizadas para melhorar seus resultados. Para lojistas cujo público-alvo são adolescentes e pessoas mais fashionistas, por exemplo, entender como vender no Pinterest é uma ótima ideia para trabalhar o marketing.

A primeiro momento, a plataforma pode soar estranha e até desconhecida. Isso acontece porque o Pinterest é uma rede social acessada por um público mais nichado, porém muito disposto a engajar com sua loja de calçados, desde que ela gere conteúdo de qualidade.

Para entender o que é e como vender pelo Pinterest, quais os primeiros passos na hora de criar uma conta e como desenvolver estratégias que encantem o consumidor, continue a leitura do nosso texto!

Clique para ler nosso conteúdo sobre como fotografar calçados.

O que é o Pinterest?

O Pinterest é uma rede social cujo principal objetivo é descobrir, compartilhar e salvar ideias. Os usuários a utilizam, principalmente, para procurar inspirações (de roupas, de calçados, de decoração e muito mais).

A rede social permite que você crie pins (como são chamadas as publicações da plataforma) em formato de imagens ou de pequenos vídeos, os quais são visíveis para as outras pessoas quando elas fazem uma pesquisa. Por isso, a plataforma também se denomina como o primeiro mecanismo de busca visual do mundo.

Conforme as pessoas encontram seus pins e se interessam por eles, podem criar pastas (públicas ou privadas) para salvá-los. Essa é a forma de engajamento do Pinterest, que, ao contrário do Facebook e do Instagram, não possui uma função de curtir.

Pessoa clicando no botão de salvar a foto no Pinterest.
Quando o usuário gosta do seu post, ele pode dar um pin, ou seja, salvá-lo em seu próprio Pinterest.

Por ser focado em ideias e, principalmente, em inspirações, o Pinterest não é uma rede social indicada para todos os perfis de consumidores. Portanto, analise bem seu público-alvo antes de desenvolver suas estratégias na rede, para não “perder tempo” no lugar errado.

Coloque a sua loja de calçados no Pinterest se ela for focada em adolescentes, jovens adultos, pessoas conectadas às tendências, consumidores fashionistas e perfis de clientes ligados à arte. 

Lojistas que atendem pessoas mais velhas e mais tradicionais devem focar as ações em redes mais comuns, como Instagram e Facebook. Acesse nosso conteúdo especial, que fala sobre essas plataformas, clicando na imagem abaixo.

Clique para ler nosso conteúdo sobre como vender online.

Como criar uma conta para sua loja?

Entendendo o conceito da rede, é hora de compreender como usar o Pinterest em sua função de conta business, visto que é a mais indicada para empresas. O primeiro passo é acessar o site do Pinterest.

Na página inicial, clique em Criar conta e em Criar uma conta business. O perfil empresarial é importante para que você consiga analisar métricas e dados disponíveis apenas para esse tipo de usuário.

Imagem da tela de login do Pinterest, com botão para criar conta business destacado.
Página inicial do Pinterest, com opção para criação da conta empresarial abaixo.

Será necessário inserir um e-mail para acesso, uma senha e sua idade (necessária devido à política da rede social, que não permite que menores de 13 anos façam uma conta).

Em seguida, você será redirecionado para a página de configuração do perfil. Insira o nome da sua empresa, o link para a sua loja virtual (se tiver), selecione o país e o idioma e, por fim, coloque uma foto de perfil – indicamos inserir a logo do seu negócio.

Página para inserir informações sobre a conta empresarial no Pinterest.
Preencha os campos com informações precisas e corretas para que o usuário encontre sua loja de calçados com facilidade.

Será necessário, então, selecionar o foco da sua marca. Para lojas de calçados, a categoria mais indicada é a de Moda. Conforme você avança, outras informações serão solicitadas, de forma que você deve preencher com o que mais se encaixa no seu negócio.

Caso você queira editá-las posteriormente, basta acessar as configurações da conta por meio da flecha localizada no canto superior direito do Pinterest.

Página de edição de perfil empresarial no Pinterest.
Página para editar as configurações do perfil e da conta na rede social. No menu superior, flecha para acessá-la sinalizada em vermelho.

Nessa aba, é possível inserir a descrição da sua loja, informações para contato (como endereço, telefone e e-mail), quais as metas do seu negócio no Pinterest, entre outras opções de configuração.

É importante dar uma atenção especial para esse passo porque é por meio dele que o usuário conseguirá acessar informações importantes sobre sua loja de calçados, que passarão credibilidade e confiança para que ele siga seu perfil, salve seus pins e engaje com sua marca.

Como criar um pin no Pinterest?

Com sua conta devidamente alinhada, é hora de entender como começar a gerar conteúdo dentro da rede social e, dessa forma, atingir mais pessoas, ganhar seguidores e começar a gerar tráfego para sua loja virtual, marketplace ou até para seu WhatsApp Business.

No menu superior, selecione Criar e clique em Criar Pin. Uma página será aberta e é aí que a brincadeira começa: você pode selecionar uma imagem ou um vídeo, inserir o título, a descrição e, por fim, colocar um link de destino para o usuário acessar ao clique na foto.

Clique e baixe o ebook com 7 ideias de ações de vendas para lojistas.

As imagens podem ter até 32 MB e devem ser salvas em PNG ou JPEG. O título pode ter até 100 caracteres e a descrição no máximo 500. No feed, aparecerão apenas as primeiras palavras (cerca de 50 a 60 letras), portanto coloque as informações que chamam a atenção do usuário no início da frase.

Já os vídeos podem ser do tipo mp4, mov ou m4v, com até 2 GB de tamanho. As indicações para o texto (título e descrição) são as mesmas das fotos.

Na hora de criar pins no Pinterest, você pode divulgar um texto de blog, lançamento de coleção de calçados, dicas de looks com alguma sapatilha (mostrando como ela é versátil, por exemplo), divulgar uma promoção e muito mais. 

A dica é criar um cronograma de postagens que engajem o usuário, com conteúdos que eles gostariam de acessar – lembrando, sempre, que o principal objetivo da rede social é reunir inspirações –, e mesclar publicações mais focadas em vendas, com promoções e fotos dos produtos.

Para que você consiga visualizar como a criação de pins no Pinterest pode ser feita, observe o exemplo abaixo, com um post do blog da Daniel Atacado.

Página de criação de pin no Pinterest.
Pin sendo criado para divulgar um dos conteúdos da Daniel Atacado.

Na página de criação do pin, existem configurações que podem te ajudar a organizar melhor seu Pinterest. No lápis, encontrado em cima da imagem, é possível acessar uma página de edição básica, caso você queira fazer ajustes simples, como cortar a foto ou inserir a logo e o texto.

No canto superior, você seleciona em qual pasta o pin será arquivado, passo importante para que os usuários naveguem com facilidade no seu perfil. No caso, por ser um conteúdo de blog, estamos publicando na pasta com esse nome.

Por fim, no canto inferior, você pode escolher entre publicar imediatamente ou agendar o pin para um dia e horário específico. Essa função é ótima para quem quer organizar as postagens de acordo com o calendário, produzindo tudo de uma vez e agendando em quais datas elas irão ao ar.

Quando terminar de configurar todas as informações, basta clicar em Publicar e seu pin estará no ar. Quando os usuários realizarem uma pesquisa com palavras-chaves presentes no título e na descrição, seu conteúdo aparecerá na página de resultados do próprio Pinterest.

Por que usar o Pinterest na minha loja de calçados?

O Pinterest é uma das redes sociais em ascensão no Brasil e tem chances de se tornar uma febre nos próximos anos, principalmente quando olhamos para alguns dados lançados pela rede social.

Segundo o Estadão, o número de usuários do Pinterest em território brasileiro triplicou nos últimos três anos, de forma que, atualmente, mais de 38 milhões de contas estão ativas no nosso país.

Além disso, de acordo com Mariana Sensini, líder da plataforma na América Latina, 9 milhões de ideias são salvas diariamente pelos brasileiros no Pinterest. A categoria de moda, que engloba o segmento calçadista, está entre as cinco de maior interesse dos usuários.

Mariana ainda diz que um dos maiores propósitos da plataforma é ajudar varejistas e pequenos produtores a divulgarem seus produtos e suas marcas de forma simples na rede social.

Tela do celular com pasta de redes sociais aberta.
O Pinterest caminha, hoje, para se tornar uma tendência nacional, como o Facebook e o Instagram.

Logo, é interessante começar a se posicionar dentro do Pinterest, já que ele está em crescente e promete ser uma tendência no país. Assim, você já estará trabalhando sua presença na plataforma de antemão.

Para lojistas que realizam vendas de calçados na internet, seja por meio de marketplaces ou de e-commerces, a rede social também é uma possibilidade para aumentar o tráfego para seus canais. 

Com a possibilidade de inserir links nos pins, o usuário será redirecionado para sua página e pode realizar compras, seguir seu perfil ou até iniciar uma conversa no WhatsApp. 

Apenas lembre-se de deixar claro, na descrição, o destino do redirecionamento, evitando que a experiência do consumidor seja negativa e passando a ideia de que você o enganou.

Ao criar seus pins, opte por fazer artes customizadas ou vídeos, já que esses formatos chamarão a atenção do usuário. O Canva oferece templates gratuitos para Pinterest, em que você só precisará alterar o texto e a imagem de acordo com a identidade visual da sua loja. Tudo online e de forma simples e intuitiva!

Funções do Pinterest para usar a seu favor

Com cada vez mais usuários acessando a rede social, o Pinterest tem criado algumas funções para auxiliar comerciantes e varejistas de diversos segmentos a realizarem vendas pela plataforma. Descubra algumas funções interessantes da rede:

Pincode

O pincode é uma espécie de QR code específico do Pinterest, que permite que os usuários encontrem seu perfil de forma mais rápida. Para gerar o seu, basta clicar sobre sua imagem de perfil. 

É possível, ainda, salvar o seu pincode para divulgá-lo nas redes sociais da loja (e até no estabelecimento físico).

Imagem do pincode do Pinterest da Daniel Atacado.
Pincode do Pinterest da Daniel Atacado.

Rich pins

Também conhecidos como pins avançados, essa funcionalidade é indicada para quem vende calçados por meio de lojas virtuais. Com a ajuda de um programador, você irá inserir metadados no seu e-commerce, um código que fornece informações sobre seus calçados na página do Pinterest.

Além do título e da descrição, disponíveis para todos os posts, serão exibidos o preço do produto, a disponibilidade no estoque e o link para compra.

Shop the look

Outra funcionalidade para lojistas que querem entender como vender produtos no Pinterest é o shop the look, que permite a marcação dos calçados na imagem com facilidade. Quando você carrega uma foto com um modelo disponível no seu e-commerce, a plataforma automaticamente exibe um ícone de etiqueta na página de criação de pins.

É só clicar nele, no + que aparecerá à direita e adicionar os calçados que estão na foto por meio da URL. Assim, quando o cliente abrir sua dica de look no Pinterest, conseguirá acessar o chinelo, por exemplo, na sua loja.

Imagem de um pin sendo criado com o shop the look.
Pin da Daniel Atacado, que conta sobre a nova coleção da Ipanema Sempre Nova, publicado com produtos marcados junto a ele.

Assim, o usuário abre os produtos (que ficam marcados com um ponto branco) e consegue acessá-lo para compra diretamente no seu site.

Estratégia de vendas de calçados no Pinterest

A melhor estratégia para vender calçados no Pinterest é a de marketing de conteúdo, na qual você cria publicações que interessem seu público, engajando-o e movimentando-o pelo funil de vendas, até a conversão.

A dica é iniciar com postagens de topo de funil, como dicas de looks com determinado modelo de calçado ou demonstração de como é possível combinar um tênis com diferentes peças de roupas.

Depois, desenvolva alguns pins de meio de funil, com sua logo posicionada (você pode encaixá-la dentro da aba de edição do próprio Pinterest ou diretamente no Canva). Assim, começa a trabalhar a imagem da sua loja de calçados dentro da plataforma.

Por fim, faça publicações de fundo de funil, compartilhando promoções, novidades da sua loja e utilizando o shop the look. Desenvolver conteúdos focados em venda de imediato não é a melhor estratégia para o Pinterest, já que a conversão é um resultado da rede social, não o foco.

Clique na imagem para baixar o e-book com o Kit de Planejamento Anual.

Portanto, saiba dosar as criações e pense, sempre, no que o seu público-alvo gostaria de salvar como inspiração relevante para a vida, visto que esse é o principal propósito do Pinterest.

Não se esqueça, ainda, de organizar seu perfil em pastas. É possível criar repartições para tênis, para sandálias, para dicas de combinações, para ideias de como passar o cadarço e até para conselhos sobre como arrumar os calçados na estante. A dica é soltar a imaginação!

Dessa forma, ao acessar sua conta, o usuário consegue navegar pelas pastas e entrar nas divisões mais interessantes de acordo com seu gosto pessoal.

Analise seus resultados

Conforme sua estratégia de conteúdo for rodando, você provavelmente irá se interessar por entender quais resultados elas têm entregue para sua loja.

A guia Analytics, localizado no menu superior, te ajuda nessa tarefa! Ela reúne dados importantes sobre os usuários que estão acessando sua conta e pode ser útil na hora de estruturar ações futuras.

Pessoa analisando os dados para entender como vender no Pinterest.
Na aba Analytics, você consegue ver como suas ações estão rodando e confirma o que está sendo um sucesso.

O número de visualizações no seu perfil, a idade média e o gênero dos usuários, o engajamento com sua marca e outras informações podem ser analisadas com facilidade na seção. Assim, você consegue replicar o que funciona e melhorar as ações que não deram tanto resultado.

Pinterest para negócios

Recentemente, o Pinterest Brasil disponibilizou a função de anúncios na rede social. Assim, você desenvolve anúncios que podem aumentar seu reconhecimento de marca e impulsionar suas receitas.

Na página de anúncios do Pinterest Business, você encontra mais detalhes sobre como criar suas campanhas, segmentando seu público, trabalhando palavras-chaves e até utilizando dados demográficos, caso você tenha um estabelecimento físico e queira focar em sua cidade.

Essa é uma ação mais avançada e que necessita do investimento de capital. Por isso, comece devagar, estruture sua marca, crie alguns pins e, no futuro, quando seu perfil estiver mais movimentado, pense em anúncios.

Inspirações e referências para usar no Pinterest

Muitas ações desenvolvidas no Pinterest são frutos de análise do público-alvo, do segmento e, também, de criatividade. Para te ajudar a ter ideias para combinar com seu conhecimento de mercado, separamos alguns formatos que fazem sucesso na rede social.

Na pasta de referências da Daniel Atacado, criada no nosso Pinterest, você encontra pins de shop the look, rich pins, publicações com links para textos de blog, imagens com dicas de looks e muito mais. Clique na imagem abaixo e confira!

Clique e acesse a pasta da Daniel Atacado no Pinterest.

Dica de ouro: relatório de tendências

Por fim, outro ponto positivo do Pinterest é o relatório de tendências, um documento criado anualmente pela rede social que comenta projeções sobre assuntos e comportamentos que estarão em alta no futuro (principalmente dentro da plataforma).

O relatório é lançado sempre em dezembro e é uma ótima maneira de preparar as ações da sua loja dentro da rede social. Para quem está pensando em começar agora no Pinterest, é o timing perfeito, já que esse mês o documento é lançado. Dessa forma, em janeiro, você publica pins que estejam alinhados com o perfil de consumidor para 2021.

Em 2020, várias tendências presentes no relatório mostraram-se reais, como o crescimento do consumo consciente, a busca por desintoxicação das redes sociais, o interesse das pessoas por aromaterapia, o retorno do estilo dos anos 90 e muito mais.

As informações do documento são inúmeras. Logo, é importante realizar a leitura, selecionar o que faz sentido para o seu negócio e começar a desenvolver material que agrade seu público-alvo dentro das projeções de comportamento do futuro.

Na hora de realizar ações de marketing digital, é importante analisar seu perfil de consumidor, estudar as redes sociais que ele utiliza e desenvolver campanhas focadas em sites e plataformas estrategicamente pensados.

Portanto, o Pinterest pode ser uma opção não tão óbvia e que está se tornando cada vez mais acessada por adolescentes e jovens adultos. Separar um tempo para explorar a rede social é uma forma de já trabalhar sua presença online.

Para mais materiais sobre gestão de lojas de calçados, acesse a página da Daniel Atacado que reúne e-books, calendários, planilhas e outros conteúdos para download gratuito. Clique na imagem abaixo e confira!

Banner para a página de materiais gratuitos do blog da Daniel Atacado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *