Mesa de trabalho com relatórios impressos e um computador.
Gestão de Negócios

Indicadores de negócio: como otimizar a estratégia da loja de calçados

Banner para o kit de planejamento anual para lojistas.

Indicadores de negócio são ferramentas utilizadas para o acompanhamento das metas de uma empresa. Eles ajudam a traduzir os ideais macroscópicos de crescimento em números fáceis de visualizar.

Qualquer tipo de empreendimento pode se beneficiar da utilização de indicadores para medir seu desempenho organizacional. A aplicação não carrega nenhum segredo e cabe em todas as situações em que houver metas estabelecidas.

Acompanhe, a seguir, o que são os indicadores de negócio e como aplicá-los, além dos benefícios para o dia a dia de uma loja de calçados. Boa leitura!

O que são indicadores de negócio?

Ao criar um planejamento estratégico, a empresa está projetando seu crescimento para o futuro. A missão vai determinar o propósito de existência, e a visão representa um objetivo a médio prazo.

Nesse contexto, as metas de crescimento são estabelecidas e precisam de um método de acompanhamento. É nesse momento que entram em cena os indicadores de desempenho nas empresas, servindo como parâmetro para analisar se a loja está no caminho previsto.

Eles se mostram valiosos nos momentos-chave de tomada de decisão, auxiliando para uma gestão estratégica e focada nos objetivos fundamentais do negócio.

Banner para a página de download do Kit de Planilhas de Gestão da Daniel Atacado.

No ambiente empresarial, os indicadores-chave de performance, ou KPIs – Key Performance Indicators, referem-se aos medidores de desempenho mais importantes para o negócio.

De acordo com os objetivos da loja, diferentes indicadores vão ser estabelecidos:

  • Para uma loja que deseja aumentar a presença no bairro, um parâmetro razoável seria o número de clientes novos que moram nas redondezas
  • Se a meta é ser a maior vendedora de calçados do estado, em dois anos, pode-se medir a porcentagem de crescimento no faturamento, mês a mês
  • Em uma empresa que tem como objetivo fidelizar clientes, uma medida importante pode ser a quantidade de compras recorrentes (recompra), funcionando como um dos indicadores da qualidade nos serviços.
  • Empresas com objetivo de maior faturamento por compra podem utilizar, como exemplo de indicador, o valor do ticket médio ou a taxa de conversão, se for uma loja virtual

Vale ressaltar que os indicadores de negócio precisam ser quantificáveis, ou seja, eles devem ser possíveis de medir, de forma objetiva.

Banner para a loja virtual da Daniel Atacado.

Como definir indicadores de desempenho organizacional

A melhor maneira de estabelecer quais serão esses indicadores é partir de um planejamento bem feito. Cada objetivo estratégico pode e deve ser dividido em metas menores, e assim por diante.

Então, é preciso pensar em medidores que possam ser analisados. Ou seja, a coleta de dados para esses indicadores de desempenho (KPIs) deve ser possível e vir de uma fonte confiável, como um sistema PDV ou outro software de gestão.

Pessoa analisando relatórios de indicadores de negócio.
A partir dos objetivos estratégicos, a loja de calçados vai traçar as metas e escolher os melhores indicadores para acompanhar cada uma delas.

Uma vez estabelecidos os parâmetros, cada indicador estará relacionado a um objetivo da empresa, de modo que contribua para o alcance do mesmo. O conjunto de todas as metas vai resultar no sucesso da visão geral de crescimento.

Por fim, é preciso definir uma frequência para a atualização dos indicadores. Medidas simples, como o número de curtidas na página da loja no Facebook, podem ser acompanhadas diariamente, por exemplo.

Por outro lado, um indicador que reúna a variação do nível de estoque dos produtos pode levar mais tempo para ser levantado. Dessa forma, sua frequência pode ser mensal, bimestral, ou até mesmo semestral.

Em resumo, um indicador bem definido será composto por quatro elementos principais:

Medida A descrição do que o indicador vai medir
Alvo (meta) Qual o resultado esperado, ao final do período
Fonte De onde vão vir os dados que fazem parte do indicador
Frequência Quando as medições serão feitas

A partir desses componentes, a empresa é capaz de estruturar seus indicadores de forma a não deixar nenhum elemento de fora. Como exemplo, analisamos alguns possíveis KPIs para uma loja de calçados, criados nesse modelo:

Componente/Indicador KPI 1 KPI 2 KPI 3
Medida Número de vendas, comparado ao ano anterior [#] Percentual de aumento da recompra no trimestre [%] Porcentagem de crescimento no faturamento online [%]
Alvo (meta) + 500 vendas + 25% + 5%
Fonte Planilha interna da equipe de vendas Levantamento da equipe de TI Banco de dados do e-commerce
Frequência Atualizações bimestrais Atualizações trimestrais Acompanhamento semanal

Banner para o e-book sobre Datas Importantes para o Varejo Calçadista.

Como fazer o acompanhamento de indicadores

Uma vez definidas as métricas de desempenho organizacional, é preciso projetar como será o acompanhamento. Os indicadores podem ser registrados em planilhas eletrônicas, softwares específicos, entre outros. O importante é manter um padrão.

Com todas as informações coletadas de forma padronizada, será possível analisar o progresso de forma macroscópica, agregando todos os indicadores que estiverem sendo seguidos.

O ideal é que as áreas responsáveis por cada atividade dentro da loja de calçados estejam encarregadas, também, dos indicadores. A gerência de vendas, por exemplo, ficaria responsável por acompanhar a quantidade de itens vendidos.

Envolver todos no preenchimento dos indicadores é, também, um meio de divulgar as informações do negócio para todos. Dessa forma, a gestão fica mais transparente e os funcionários conseguem visualizar melhor os impactos do seu trabalho.

Laptop mostrando relatórios de indicadores de negócio.
Compartilhar indicadores e metas ajuda a criar uma consciência das responsabilidades e da importância do trabalho de todos na empresa.

Os benefícios em trabalhar com indicadores de negócio

Trabalhar com metas exige comprometimento e disciplina. É essencial coletar os dados de forma correta, para que as análises estejam de acordo com a realidade. Uma vez cumpridas essas exigências, a empresa pode começar a aproveitar os benefícios.

Em primeiro lugar, será possível alinhar, com maior precisão, os objetivos à realidade do negócio. Os indicadores podem ser utilizados para mostrar como andam as operações internas, situação financeira, vendas, entre outros aspectos.

Essas informações permitem que as estratégias de vendas sejam mais bem avaliadas, em direção a um cenário ideal de alinhamento com as metas da loja de calçados. A função principal de um KPI é fornecer um diagnóstico organizacional confiável.

Ao longo do ano, o comportamento dos indicadores permite o reposicionamento da loja e o ajuste de estratégias para corrigir possíveis decisões que se mostrarem ineficazes. Por isso é tão importante manter um acompanhamento constante.

Banner para o e-book com 7 ideias de ações de venda em lojas de calçados.

Os KPIs são ótimas ferramentas para ajudar na condução de uma empresa. Porém, para que sejam eficazes, é essencial manter um comprometimento com a coleta de dados e o acompanhamento.

Afinal, a medição pela medição não leva a lugar nenhum. O mais importante, que é o trabalho da gestão e dos cargos de liderança, é saber o que fazer com cada informação, gerando valor para o negócio.

Convidamos você a continuar acompanhando os textos do blog, por meio da newsletter da Daniel Atacado. Preenchendo o formulário, os conteúdos passarão a ser enviados semanalmente, direto na caixa de entrada do e-mail. Até a próxima!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *