Várias prateleiras de calçados.
Dicas ao Lojista

Prateleira infinita: por que integrar estoque com loja virtual?

Banner para o post sobre polos calçadistas do Brasil.

A popularização da internet fez com que a jornada de compra do cliente se espalhasse por várias mídias, online e offline. Nesse contexto, a prateleira infinita é uma das maneiras de quebrar as barreiras da loja física.

Aplicável para negócios que trabalham com comércio eletrônico e varejo local, esse método busca eliminar os problemas relacionados à falta de produtos nas prateleiras, quando os clientes compram dentro da loja.

Continue a leitura para conhecer mais sobre essa estratégia de varejo, de que forma aplicar e quais as principais vantagens.

O que significa “prateleira infinita”?

Prateleira infinita, no varejo de produtos, é uma referência a uma estrutura na qual os clientes têm acesso a todos os itens, indo além dos limites físicos do que cabe dentro do estabelecimento e integrando ao estoque da loja virtual.

Vamos supor que uma pessoa vá até uma loja de calçados próxima de sua casa em busca de uma marca de sapatos específica. Ao entrar no local, ela é atendida por um vendedor competente, que a auxilia em todo o processo.

Depois de encontrar o modelo ideal, aquele cliente pergunta sobre a numeração. Nesse momento, o atendente verifica o estoque e percebe que o produto não está disponível naquela loja.

No entanto, ele comunica que, caso a pessoa esteja de acordo, o calçado pode ser enviado do centro de distribuição (que fica em outra cidade), para retirada em alguns dias, ou mesmo com entrega a domicílio.

Empilhadeira carregando caixas dentro de um estoque.
O método da prateleira infinita permite oferecer produtos na loja que estão no estoque online, armazenados em outro centro de distribuição.

Essa situação ilustra o conceito de prateleira infinita: um produto cujo estoque não está disponível naquela loja pode ser resgatado de um outro local de armazenamento mantido pela empresa.

Outro exemplo é a funcionalidade de efetuar uma compra pelo site e retirar o produto na loja. Dessa forma, os clientes podem aproveitar para escolher os produtos nos horários mais convenientes, e apenas ir até o local para buscar os itens.

Tudo se baseia em oferecer opções para os consumidores, integrando os lugares pelos quais as pessoas podem interagir com a marca. No processo, a loja pode incluir comunicação via WhatsApp para avisar sobre a disponibilidade de um produto, por exemplo.

O objetivo principal do método é facilitar a experiência de compra e evitar que o cliente procure outro estabelecimento, por causa da indisponibilidade de determinado produto.

Banner para o kit de planejamento anual para lojistas.

Onde é possível aplicar

É importante pontuar que o método da prateleira infinita não se aplica em todos os tipos de lojas. Ele é reservado para negócios que trabalham com comércio eletrônico, e que possuem centros de distribuição em cidades diferentes.

Isso acontece, principalmente, com empresas que preferem mover seus estoques de lojas virtuais para galpões em estados específicos, procurando menores taxas de tributação interestadual para o frete dos produtos.

Ao integrar a logística entre esses centros e os pontos de venda, é possível criar redes de transporte sofisticadas e oferecer a opção de retirada no local com rapidez na entrega.

Para que isso aconteça, é necessário um nível alto de organização, que pode ser alcançado pela aplicação de um software de gestão e uma equipe de entregadores bem alinhada.

Banner para a página de download do kit de planilhas de gestão da Daniel Atacado.

Os benefícios da prateleira infinita

Aplicar esse método resulta em mais trabalho para a empresa, com toda a coordenação e a gestão do estoque entre o ambiente das lojas física e virtual. No entanto, oferecer mais funcionalidade para os clientes pode fazer a diferença no faturamento.

Estabelecendo que as pessoas sempre podem contar com esse recurso, a empresa se torna mais atraente, demonstrando uma preocupação com os consumidores de seus produtos, principalmente nos casos em que os itens procurados exigem prova ou experimentação.

Detalhe dos pés de uma pessoa calçando botas de couro.
A prateleira infinita pode fazer a diferença quando o cliente estiver no momento da tomada de decisão de compra.

A garantia de que um produto sempre estará disponível, na loja ou no estoque virtual, também transmite segurança para o consumidor e pode influenciá-lo a voltar mais vezes, aumentando as chances de recompra na loja.

Como consequência, as vendas podem aumentar, uma vez que a experiência como um todo fica mais prática para quem compra. Os resultados aparecerão na satisfação de cada cliente.

Por que utilizar esse método?

O conceito de prateleira infinita se torna importante no momento atual de crescimento dos números de compradores online. Com a possibilidade de pedir itens pela internet, sem sair de casa, o perfil dos consumidores se tornou mais exigente.

Em 2019, no Brasil, o crescimento do e-commerce é inquestionável. No primeiro semestre, em comparação com o mesmo período do ano anterior, o número de compras cresceu 16%, e o faturamento saltou 10,3%: foram cerca de 76,5 milhões de pedidos e R$ 32,1 bilhões em faturamento (Relatório Neotrust).

Os dados mostram que as compras pela internet estão aumentando, em uma tendência de consumo online que não demonstra sinais de queda. Em grande parte, esse movimento se deve aos avanços da tecnologia móvel.

O desenvolvimento dos smartphones permite maior acesso à internet, com aparelhos de baixo custo e planos de dados móveis. De acordo com uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, a porcentagem de celulares por habitante chegou a impressionantes 110%, em maio de 2019.

Banner para a loja virtual da Daniel Atacado.

Isso significa que, para cada pessoa no Brasil, existem 1,10 smartphones, uma média menor do que nos Estados Unidos (1,32) e acima dos valores mundiais (0,88). Ou seja, o número de potenciais clientes virtuais é grande.

Desse modo, é fato que as lojas físicas precisam adaptar seus processos, a fim de manter uma presença forte no mercado, destacando as vantagens que a compra no local pode oferecer.

Essa adaptação inclui diversas estratégias para atrair o público certo e impactar as pessoas positivamente com a marca. A comunicação digital, em redes sociais, sites e blogs, é um dos pilares.

Porém, o atendimento pessoal, quando um cliente entra na loja, não deve ser deixado de lado. Ele é um dos principais diferenciais de trabalhar com varejo físico, e bons vendedores são capazes de cativar e fidelizar o público.

No cenário de transformação do comércio de produtos, a prateleira infinita se encaixa muito bem, pois une a comodidade e rapidez de testar um item na loja à disponibilidade maior que os estoques virtuais proporcionam.

Portanto, se o seu negócio comporta esse tipo de estratégia, vale a pena estruturar projetos de viabilidade para implementação dessa integração de estoques, sem esquecer que cada empresa possui uma realidade diferente.

Se você considerou que esse conteúdo foi útil, que tal compartilhar com seus amigos? Aproveite para preencher o formulário e se cadastrar na newsletter, para começar a receber todos os textos, diretamente por e-mail!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *