tabela-de-controle-de-estoque-como-trabalhar-dados-na-loja
Gestão de Negócios

Tabela de controle de estoque: como trabalhar dados na loja?

Banner para a loja virtual da Daniel Atacado.

Cuidar da organização de um negócio é uma tarefa necessária e minuciosa, que precisa de atenção e cuidado. Seja na loja de calçados ou em uma microempresa, a gestão da informação é um dos fatores que influencia em uma boa estrutura de empresa.

Para auxiliar nesse trabalho, temos, como aliadas, as famosas planilhas. Equipadas com inúmeras ferramentas, elas auxiliam diretamente na hora de organizar dados. Logo, criar uma tabela de controle de estoque para sua loja de calçados é uma ótima prática!

Uma boa administração do seu estoque permite entender quais calçados têm mais saída, onde investir, o que comprar e ter insights de como otimizar a utilização do dinheiro.

Montando uma tabela de controle de estoque simples e otimizada

Para construir uma tabela que seja funcional, útil e prática, é importante criar colunas padrão, que vão permitir que você visualize e controle seu estoque com agilidade.

Nelas, haverá as informações principais do produto, controle de entrada e saída e a movimentação monetária por trás desses processos.

Banner para baixar o ebook com 7 ideias para ações de vendas em lojas de calçados.

Colunas de informações dos produtos

Os primeiros dados da planilha devem estar relacionados ao produto em questão. É importante registrar o código do produto também conhecido como SKU (stock keeping unit) – e o seu nome. Caso queira reunir mais informações, é possível criar um campo de descrição. Assim, você especifica cada um dos itens.

Nessa leva de informações, é interessante, também, inserir as colunas de estoque mínimo e máximo. Caso você tenha calçados que sempre vendem e que, portanto, é importante que nunca faltem, deixe registrados esses dados!

Controle de entrada e saída de produtos

As próximas colunas devem fazer referência ao controle de unidades em estoque. Em entrada, é importante inserir quantos produtos foram adquiridos para sua loja. Por exemplo, se foram comprados 12 pares de chinelos estampados de flores da coleção de verão, e havia 5 destes no seu estoque, o número da célula será 17.

A coluna de saída deve conter o número de calçados que foram vendidos. Por fim, é interessante criar, também, o campo estoque atual, o qual puxará o valor das entradas, descontando as saídas. É possível criar uma fórmula de subtração para que, sempre que a saída for atualizada, o número seja alterado automaticamente.

Colunas com movimentações financeiras

Estas colunas são fundamentais e, sem dúvidas, as mais importantes para que a sua planilha para controle de estoque funcione. Nelas, você irá inserir as informações referentes ao dinheiro.

Crie uma coluna de preço do item, na qual será inserido o preço pelo qual cada calçado foi adquirido e, também, uma de valor total, na qual haverá o resultado da multiplicação entre a entrada e o valor unitário. Assim, você consegue analisar, com clareza, quanto investiu para fazer o estoque deste produto em específico.

Colaboradora utilizando uma tabela para controle de estoque.
A planilha de controle de estoque da loja de calçado otimiza toda sua gestão!

Analisando os valores para compor o estoque, certifique-se de que consegue visualizar também as informações de saída! As colunas serão parecidas, mas as informações serão diferentes. 

Em preço da venda, insira o valor pelo qual o calçado será comercializado. Por fim, também faça uma coluna de valor total vendido, na qual haverá o resultado da multiplicação entre preço da venda e a quantidade registrada na saída. Dessa forma, o fechamento do caixa será mais simples!

Esquema geral de uma tabela de estoque para lojas de calçados

Não ficou tão claro? Cheque, abaixo, um esquema das colunas e das informações de cada uma delas.

  • Código do produto: inserir o SKU do item
  • Nome do produto: inserir o nome e modelo
  • Descrição (opcional): inserir mais informações sobre o produto
  • Estoque mínimo: número mínimo que deve estar presente no estoque
  • Estoque máximo: capacidade máxima no estoque
  • Entrada: número de produtos adquiridos
  • Saída: número de produtos vendidos
  • Estoque atual: resultado da subtração entre a entrada e a saída
  • Preço da compra: valor pelo qual o produto foi adquirido
  • Valor total: resultado da multiplicação entre os campos entrada e preço da compra
  • Preço de venda: valor pelo qual o produto será comercializado
  • Valor total vendido: resultado da multiplicação entre a saída e preço de venda

Por que investir em uma planilha de controle de estoque?

Agora que você entende como elaborar sua tabela, é importante entender porque dedicar tempo e energia para criá-la. 

Antes de mais nada, é válido ressaltar que esta criação só parece complicada. Quando você se adapta ao funcionamento do Excel ou Google Planilhas, fica fácil e prático criar tabelas. E você só consegue isso com muita prática!

Banner para baixar um kit com planilhas para gestão de loja de calçados.

Conhecimento sobre sua loja

Antes de qualquer coisa, visualizar o funcionamento do seu estoque te ajuda a conhecer mais do seu negócio. Será possível compreender os períodos de alta, de baixa, e definir estratégias para alavancar suas vendas em cada um desses períodos.

Conhecimento sobre o mercado calçadista

Visualizando o andamento das vendas da sua loja, você consegue adaptar isso para o seu segmento. Torna-se possível se preparar melhor, desenvolver um calendário anual de ações e investimentos, e estruturar melhor seu caixa.

Fiscalização dos produtos

Quando você analisa com facilidade e agilidade a entrada e a saída dos produtos, consegue fiscalizar melhor sua empresa. Além disso, também pode gerenciar os processos de forma otimizada.

Tela do notebook com planilha de controle de estoque.
A planilha te auxilia a organizar e visualizar melhor as informações da loja.

Gestão eficiente da loja

Um ponto que se conecta diretamente com os já citados. A gestão eficiente permite que o dono da loja identifique pontos primordiais no processo de vendas, adquira os sapatos no momento certo e evite aquisições desnecessárias.

Melhoria na gestão da informação

Gestão da informação é o processo de coleta, seleção, processamento, armazenamento, distribuição e avaliação dos dados do negócio. 

Quando você cria uma tabela de estoque, está construindo uma gestão de informação eficiente. É possível armazenar dados em locais seguros e por tempo indeterminado, utilizando isso para futuras estratégias e análises.

A planilha de controle de estoque é só um dos materiais que podem otimizar e melhorar o funcionamento da sua loja. Para uma gestão de negócio organizada e efetiva, existem diversos materiais e ferramentas que podem te auxiliar.

A Daniel Atacado oferece e-books e materiais gratuitos para o segmento calçadista. Clique no banner para conhecer mais!

Banner para acessar os materiais gratuitos da Daniel Atacado. Faça o download.

5 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *