Notebook com Spotify aberto.
Dicas ao Lojista

Música ambiente: 10 playlists para lojas de calçados

Um bom som ambiente é algo que pode melhorar a experiência de compra em uma loja de calçados. Da mesma forma, um local com um som desagradável terá o efeito contrário, o que pode causar prejuízos.

Hoje, com as plataformas de consumo via transmissão em tempo real — tecnologia conhecida como streaming, presente em serviços como YouTube, Spotify e SoundCloud —, a tarefa de incrementar o ambiente com música ficou mais prática, ainda mais com a utilização de playlists (sequências de músicas) prontas.

Para encontrar as músicas mais adequadas para sua loja, é importante conhecer seu público-alvo. Por essa razão, pesquise o tipo de som que mais agrada seus clientes e, caso sua empresa atenda a uma diversidade muito grande de públicos, procure um meio termo que seja compatível com todos, ou então tenha várias opções para alternar durante os dias.

Cliente sorrindo dentro de uma loja, segurando um buquê de flores.
O objetivo das playlists é criar uma conexão com os clientes, para que eles se sintam confortáveis em passar um tempo dentro da loja.

Para reproduzir alguma playlist, é necessário possuir apenas um computador com acesso à Internet e uma caixa de som. Tanto o YouTube quanto o Spotify permitem a reprodução gratuita, com a exibição de alguns anúncios.

Neste post, reunimos dez playlists para loja de calçados que podem ser utilizadas para melhorar a experiência do cliente e deixar o ambiente mais convidativo à compra. Também ensinamos como criar uma. Confira!

Público casual

Se o público-alvo de sua loja é mais casual, uma boa opção é apostar em músicas mais calmas e lançamentos, que atinjam um grande número de pessoas.

Para uma loja desse segmento, uma playlist geralmente terá músicas de vários estilos: pop, rock, eletrônico, entre outros. Ter mais de uma opção é outro fator que pode contribuir, caso a seleção de músicas atual não estiver sendo bem aceita.

Para esse tipo de público, vale apostar também em uma seleção de músicas mais eclética, sem necessariamente seguir um gênero musical específico.

lofi hip hop radio (YouTube)

Outras sugestões:

Público esportivo

Se sua loja é especializada em calçados esportivos — ou para fazer exercícios —, uma playlist com músicas mais agitadas pode ser uma boa opção, fazendo um paralelo com o sonoridade ouvida enquanto se faz exercícios físicos.

As listas indicadas contêm mais músicas dos gêneros pop e eletrônico.

Público infantil

Ao criar uma playlist para o público infantil, o intuito deve ser em tornar um ambiente atrativo, com músicas alegres e divertidas.

Para esse segmento, também haverá variações, dependendo da faixa etária. Isso tudo deve ser pensado, para que o ambiente seja adequado e convidativo.

Vale ressaltar que, mesmo que a loja não seja exclusivamente direcionada ao público infantil, é possível utilizar essas playlists em datas específicas desse nicho, como a semana do Dia das Crianças.

Público streetwear

Uma das principais tendências de moda e calçados nos últimos anos é o estilo de rua, ou streetwear, inspirado pela cultura hip hop norte-americana. Algumas marcas referência nesse segmento são a Supreme e a OFF-WHITE (mundialmente) e, no Brasil, a HIGH.

A estética desse nicho busca fugir dos padrões do mercado, investindo em uma experiência focada na qualidade e exclusividade dos produtos. Os chinelos de tira larga são exemplos de produtos conhecidos do streetwear e que aparecem constantemente dentro do nicho.

Esse público consome, em sua maioria, músicas derivadas da cultura hip hop, como rap, trap e R&B.

Hip Hop Crew (Spotify)

Passo a passo para criar playlists

Os passos para criar playlists no Spotify, YouTube ou SoundCloud são semelhantes.

No Spotify, basta procurar uma música (ou um disco inteiro), clicar no símbolo de reticências e selecionar a opção “Adicionar à playlist”. Então, clicando em “Nova Playlist”, um campo para digitar o nome vai aparecer. Feito isso, ela já será criada.

Para adicionar mais músicas, é só seguir o mesmo caminho. Porém, ao clicar na opção “Adicionar à playlist”, basta selecionar o nome da playlist recém criada.

O próprio site do Spotify oferece um tutorial para criar playlists, nos mais diversos dispositivos.

Criar playlists no YouTube também é um processo simples. Logo abaixo da descrição de cada vídeo, há a opção “Salvar”, que mostrará uma lista com todas as playlists já criadas, mais uma opção para criar uma nova.

Screenshot de um vídeo no YouTube.
Opção “Salvar” em vídeos no YouTube.

No SoundCloud, a criação de playlists segue a mesma lógica. Para cada música, há um símbolo de reticências que mostrará uma seleção de opções e, dentre elas, “Adicionar à playlist”.

Screenshot da tela do SoundCloud.
Opções das faixas de música no SoundCloud.

As playlists para tocar em lojas de calçados são mais um recurso para melhorar a experiência dos clientes. As listas desse post são apenas algumas sugestões, dentre tantas que estão disponíveis nas plataformas citadas.

Vale a pena investir um tempo entendendo seu público-alvo e escolhendo as melhores músicas para cada situação. Isso, com certeza, será um diferencial que pode potencializar as vendas!

Além de analisar o público alvo da empresa, outra estratégia é pensar no calendário anual, identificando datas importantes, como playlists para fim de ano (Natal).

Para receber mais informações como essas, diretamente em seu e-mail, assine a nossa newsletter preenchendo o formulário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *