como contratar funcionário temporário
Dicas ao Lojista Gestão de Negócios

Alta temporada: saiba como contratar funcionários temporários

Algumas épocas do ano e datas comemorativas são extremamente importantes para o varejo brasileiro. Para enfrentar a alta temporada de vendas, é preciso estar devidamente preparado para acolher e atender os consumidores em meio ao grande fluxo de pessoas. Ainda mais agora, com a reabertura fixa do comércio depois de um período de incertezas por conta da pandemia do coronavírus.

Com essa maior movimentação, é comum pensar em como contratar funcionário temporário. Para saber mais sobre como essa contratação temporária funciona e quais são as expectativas do mercado para 2021, continue a leitura deste texto!

Panorama sobre a contratação de temporários em 2021

As restrições impostas ao comércio em 2020 por questões de segurança em relação à pandemia, não afetaram apenas as vendas das lojas de varejo, mas também os números referentes às contratações, incluindo as temporárias.

No entanto, com o avanço da vacinação, este ano o comércio varejista pode, enfim, trabalhar normalmente e receber todos os clientes no espaço físico da loja.

Essa retomada acabou por gerar boas expectativas nas projeções sobre os números de contratos temporários, que devem ocorrer no fim de ano, desde pequenos municípios até os grandes centros.

Segundo a Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem), a contratação para vagas temporárias em 2021 cresceu 20% em relação ao ano anterior.

Para se ter ideia, uma única empresa está sendo responsável por intermediar a contratação de 7 mil temporários apenas no estado de São Paulo, sendo que a maioria das vagas é voltada para o comércio. Conforme a Asserttem, só a capital paulista deve ter pelo menos 1,5 mil vagas até dezembro.

Imagem de duas mulheres em uma loja de calçados.
O número de contratações temporárias em 2021 é de 20% maior que em 2020.

Como contratar funcionário temporário?

Agora que você já tem um panorama sobre as expectativas do varejo a respeito da contratação de funcionários temporários e está certo de que essa ação vai colaborar com o seu negócio na hora de vender no Natal, chegou o momento de descobrir como isso se faz na prática!

Para começar, vale salientar que o trabalho temporário é um serviço prestado por uma pessoa física contratada por uma empresa mediadora, visando atender as necessidades e as demandas de trabalho de outras empresas.

Normalmente, esses setores buscam apoio pois necessitam de um reforço no quadro de colaboradores em determinados períodos do ano, especialmente no encerramento dele, graças ao fato da movimentação por conta da busca de presentes ser maior.

como contratar funcionário temporário
A contratação de temporários tende a ser maior aos finais de ano. Foto: Icons8 team/Reprodução.

Sendo assim, para utilizar essa modalidade de contratação é preciso buscar por empresas que oferecem esse tipo de serviço, que irão disponibilizar trabalhadores eficientes para realizar as tarefas.

Caso o contrato seja feito sem uma empresa mediadora, será considerado outro tipo de contratação, regida pela CLT.

É preciso avaliar qual modelo se adequa não só ao foco do seu negócio, mas também legalmente. Para isso, você pode buscar, por exemplo, a ajuda do responsável pela contabilidade do seu negócio, assim como do próprio Sindicato dos Lojistas do Comércio (SindiLojas) do seu município ou região.

Quais são os deveres da empresa contratante?

Segundo a lei 6.019/1974, a empresa contratante deve ter o contrato realizado entre as duas empresas. Desse modo, ela fica responsável por garantir condições de segurança, higiene e salubridade, assim como por oferecer o mesmo atendimento ambulatorial e refeição servida aos colaboradores.

Quais são os prazos de contrato de trabalho temporário?

A lei 13.429/2017, sancionada em 2017 e conhecida como lei da terceirização, alterou o prazo de vigência dos trabalhos temporários. Atualmente, um contrato não pode exceder o limite de 180 dias consecutivos, podendo ser prorrogado por mais 90 dias, caso a empresa comprove as condições de trabalho ou a demanda que resultou na necessidade de estender o contrato.

Direitos e deveres do trabalhador temporário

A lei determina que a empresa contratante deve garantir os mesmos direitos dos empregados CLT aos trabalhadores temporários. Portanto, estão inclusos salário, horas extras, vale transporte, férias e 13º salário proporcional à quantidade de horas ou dias trabalhados.

como contratar funcionário temporário
Direitos garantidos aos que são contratados temporariamente se assemelham aos contratos realizados na CLT. Foto: Rawpixel/Reprodução

Quanto à remuneração, a lei determina que os trabalhadores temporários recebam o mesmo salário que os demais colaboradores que exerçam a mesma função na empresa. Além disso, o funcionário tem o direito de receber o FGTS, podendo sacar 100% do valor depositado durante o período da contratação.

Dicas para contratar funcionários temporários

A contratação de profissionais temporários deve ser levada em conta nos planos de gestão de uma organização. Seja para substituir colaboradores ou atender a demanda extra da alta temporada de vendas, é importante conhecer algumas dicas que facilitam esse processo:

  • Defina o perfil ideal desejado pela empresa. Antes de contratar funcionários temporários, é preciso saber quais as características fundamentais para os objetivos da organização. Portanto, antes de iniciar as buscas, elabore as prioridades que serão levadas em consideração no momento da contratação.
  • Converse com as equipes sobre a demanda. Pergunte ao time de vendas se há alguém interessado em cobrir as horas ou se eles indicam algum profissional contratado por empresa tomadora de serviços.
  • Faça a divulgação da contratação nas redes sociais. Utilize as plataformas de comunicação para aumentar o alcance da publicação sobre as vagas disponíveis.
  • Busque referências. Antes de fechar a contratação, procure depoimentos e avaliações de experiências anteriores que estão presentes nos currículos. Essa prática é fundamental para avaliar o perfil do candidato, ajudando a evitar possíveis transtornos com a contratação
  • Avalie uma possível efetivação. Muitos são os casos de contratos temporários que se tornam fixos, com direito a registro na carteira de trabalho. A contratação temporária é uma oportunidade para reconhecer um bom profissional. Se você puder retê-lo, faça isso.

Banner para a loja virtual da Daniel Atacado.

Para que tudo corra bem e os consumidores fiquem satisfeitos com o atendimento, saber como contratar funcionários temporários é essencial. Com os esclarecimentos acima, não tenha receio de levar a sério essa possibilidade!

A partir de agora, a tendência é que as coisas se estabilizem ainda mais, sendo uma excelente oportunidade para abrir as portas da sua loja e realizar ações convidativas para atrair o público, como as clássicas promoções de fim de ano! 

Agora, que tal receber conteúdos relevantes semanalmente em seu e-mail sobre o universo dos calçados? Assine nossa newsletter preenchendo o formulário abaixo e fique por dentro das novidades do varejo calçadista!


2 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.