Como funciona o processo de fabricação de calçados?
Gestão de Negócios

Como funciona o processo de fabricação de calçados?

O mundo das fábricas de calçados é amplo e cheio de belezas. Permeado por diversas etapas, fazer esses produtos pode ser considerado uma arte. Trabalhando no segmento calçadista, conhecer o básico sobre o processo de fabricação de calçados é muito importante.

Nele, os produtos são completamente pensados para serem confortáveis, bonitos, se encaixarem nas necessidades e tendências do mercado e por aí vai. 

Para compreender melhor cada etapa do processo de fabricação de sapatos, continue a leitura!

Quais as etapas da criação de calçados?

Geralmente, o processo de fabricação de calçados femininos e masculinos se divide em seis partes. Entenda, aqui, quais são elas e a importância de cada uma para obter um produto de qualidade.

Design

Essa é a etapa criativa da fabricação de calçados. Nela, os designers de moda fazem o planejamento da coleção passo a passo, observando as tendências da estação, como cores, estilos, estampas, dentre outros.

As referências para a criação são internacionais e nacionais. É necessário analisar o que será usado no futuro, tendo em vista que o modelo é pensado com antecedência para que, quando o consumidor decidir comprá-lo, ele já esteja na loja.

Clique e baixe o ebook de 7 ideias de ações de vendas para lojas de calçados.

É nesse momento, também, que os materiais do calçado serão escolhidos. Isso acontece pensando não apenas no estilo visual, mas no conforto de quem usará.

Modelagem

Tendo os desenhos prontos, é hora de torná-los reais. No entanto, antes de produzir em massa, são feitos moldes para auxiliar na produção. Cada parte do calçado solado, tiras, palmilhas, entressola, cabedal, entre outros – será transformada em peças soltas.

Calçado sendo moldado em um dos processos de fabricação de calçado.
Moldes do calçado sendo desenhados para utilização na produção.

É na modelagem, também, que é verificada a viabilidade de produzir o que foi idealizado. Com o auxílio de um objeto com o formato de pé, feito em plástico, o calçado é desenvolvido com os materiais e com as cores do desenho.

Se tudo correr como esperado na etapa de modelagem, o processo continua. Caso contrário, são reavaliadas as ideias da equipe de design e de criação.

Corte

Quando a etapa de modelagem é bem sucedida e os moldes ficam prontos, a produção do calçado começa. Todas as formas são cortadas em seus tecidos e materiais.

Algumas vezes, isso é feito por máquinas. No entanto, existem confecções – geralmente com cunho mais sustentável e social – que mantêm a mão-de-obra profissional. É claro que, dependendo do material, é inviável manuseá-lo sem o auxílio de aparelhos.

Costura

Na etapa de costura, o esqueleto do calçado ganha forma. Ela consiste na junção das partes que formam o cabedal, que é a parte superior do produto.

Na costura, o calçado não se parece muito com o que encontramos nas lojas. Essa finalização acontece somente no próximo passo.

Banner para baixar o planejamento anual com dicas de gestão para lojistas.

Montagem

É na montagem que o calçado de fato ganha forma. Ela funciona como um quebra-cabeça, na qual partes soltas são colocadas juntas para construir o produto final.

Solado, cabedal, palmilha e, às vezes, saltos, são combinados, e o calçado segue para a última etapa de produção.

Acabamento

Na última parte do processo de fabricação de calçados, são verificados possíveis defeitos e é feita a limpeza e a checagem de qualidade. São os últimos toques para que o produto seja embalado e, por fim, comercializado no atacado.

Fluxograma do processo de fabricação de calçados

Para não esquecer como funciona a criação de calçados e observá-la de forma mais sucinta, confira abaixo um fluxograma de cada parte do processo.

Fluxograma com passo a passo do processo de fabricação de calçados.
Passo a passo do processo de fabricação de calçados.

Todos esses passos são seguidos com atenção e cuidado para que produtos de qualidade sejam comercializados. 

Fabricação de calçados: por que conhecer o processo?

Independentemente da área em que você atue, conhecer melhor os desdobramentos dela é fundamental para ser um bom profissional. No setor calçadista, entender as etapas de criação do produto garante certos benefícios, inclusive na hora de vender.

Conhecer os detalhes da produção te dá experiência, informações e dados sobre o que vende. Conforme você conhece mais a fundo o segmento, consegue identificar estratégias e até futuras tendências dentro do mercado.

Além disso, quando for comprar os produtos a serem comercializados e até no momento de vendê-los, compreender como eles foram criados possibilita expor melhor as informações para os clientes e listar os benefícios de cada calçado.

Na hora de escolher com quem adquirir seus produtos, é importante dar preferência a bons fornecedores, que revendem marcas reconhecidas e que são referência.

A Daniel Atacado é parceira de uma das maiores marcas de calçados nacionais, a Grendene. Com diversos modelos, estampas, cores e formatos, é possível renovar o estoque da loja comprando pela internet.

Para ficar por dentro das novidades, promoções e dicas, cadastre-se na newsletter do blog e receba tudo no seu email!


3 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *